24 de agosto de 2016

BEDA #24 - Visita ao maravilhoso Museu do Vaticano

A proposta seria ter um dia cultural, afinal iríamos ao Museu do Vaticano.

Já havíamos comprado os ingressos online antes de viajarmos, assim evitaríamos a fila da bilheteria.

Então, logo depois do café da manhã saímos do hotel e fomos pegar um ônibus para o Vaticano.

Depois de alguns minutos descemos em um ponto bem pertinho do museu. E quando chegamos lá percebemos que não havia nenhuma fila: Nem para a bilheteria e nem para entrar no museu.

Isso era bom, pois com certeza o museu não estaria tão cheio e poderíamos aproveitar mais, já que iríamos caminhar livremente.

Trocamos nossos impressos online por bilhetes e entramos no museu.

Logo que entramos eu já gostei do que estava vendo. O teto, as paredes, tudo maravilhoso!!!! Uma verdadeira arte!!!






O Museu do Vaticano assim como o Museu do Louvre em Paris é enorme e precisaria de alguns dias para conhecê-lo completamente. 

Fomos em algumas salas do museu, mas o que mais nos impressionou foi sem dúvida a Capela Sistina.

Essa capela é muito linda e foi construída entre os anos de 1475 e 1483. Na época o Papa Júlio II contratou Michelangelo para pintar o teto da capela. Infelizmente, segundo a história, Michelangelo trabalhou quatro anos em situação precária, deitado de costas para fazer uma obra prima.

Logo que a gente entra na Capela Sistina somos informados pelos seguranças que é proibido tirar fotos. O que é uma pena porque o lugar é realmente maravilhoso. Foi sem dúvida o lugar mais bonito do museu!!!!

Ficamos um bom tempo sentados em um banco dentro da capela olhando para cima e apreciando aquele teto. É realmente impressionante e emocionante.

Então depois que saímos de lá ficamos mais um pouco no museu. 

Passeamos por vários lugares, inclusive fomos ao jardim do museu, que é magnífico!!!











Sentamos um pouco nos bancos do jardim antes de sairmos do museu. 

Nosso próximo destino seria visitarmos a linda Basílica de São Pedro.

No caminho passamos em algumas lojas de souvenir e só depois fomos para a igreja.

Havia uma fila para entrar na Basílica, mas não estava longa. Os seguranças estavam barrando algumas pessoas por estarem com roupas muito curtas e outras eles estavam pedindo para usarem ao menos um lenço para esconderem os ombros. Como já sabíamos disso fomos preparados.

A Basílica de São Pedro é uma das igrejas mais bonitas que já entrei. Sua arquitetura é fantástica e a energia que a gente sente ao entrar na igreja é indescritível, aliás não somente dentro da igreja, no pátio e ao seu redor também sentimos algo abençoado.











Havíamos decidido que o dia seria para passearmos pelo Vaticano, então quando saímos da Basílica de São Pedro fomos caminhar pelas ruas e conhecer mais toda aquela região.

Paramos para almoçar, passamos em algumas barraquinhas de rua onde vendiam roupas, andamos tranquilamente por toda aquela área....

No dia seguinte já iríamos embora, então tínhamos que aproveitar cada instante. E foi o que fizemos. 

Quando decidimos voltar para o hotel sentimos muita alegria por termos conhecido lugares tão extraordinários.

No dia seguinte iríamos deixar a Itália e entrar novamente na França.

Então vejo você amanhã no post: BEDA #25 - Visitando Pisa na Itália e Nice na França.


Encontre seu hotel aqui!
   


Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...