18 de agosto de 2016

BEDA #18 - Passando por St. Goar e Frankfurt na Alemanha

Acordamos animados, pois mesmo tendo que deixar a bela Amsterdam iríamos viajar para a Alemanha.

Fomos tomar café da manhã e como de costume pegamos nossas malas e partimos da Holanda.

O tempo estava novamente nublado e até um pouco friozinho. 

Nossa primeira parada já em território alemão foi na pequena cidade de St. Goar.

Nossa guia turística, Gema, disse ao grupo que iríamos descer nessa cidade para fazermos um cruzeiro pelo rio Reno. 

E foi o que fizemos!!! O passeio foi uma delícia apesar do tempo nublado.










Quando descemos do barco começou uma chuva que todos tiveram que correr para o ônibus. A sorte é que tínhamos levado guarda-chuva na mochila!!!!

E depois de 1 hora estávamos na bonita cidade de Frankfurt.

Frankfurt é a maior cidade da Alemanha e também o maior centro financeiro da Europa.

Antes de irmos para o hotel nosso ônibus parou no centro da cidade e a Gema marcou um horário para retornarmos e assim seguirmos para o nosso hotel.









Felizmente a chuva havia parado e pudemos caminhar pelas ruas da cidade. Mas como não havíamos comido nada tivemos que parar para almoçar.

Para não perdermos tempo novamente comemos lanche. Eu sei que não está parecendo nada saudável a nossa refeição diária dessa viagem, mas tem horas que não temos ideia de onde iremos comer e temos que ir de lanche mesmo. Eu mesmo não gosto muito, prefiro um bom prato de comida, mas às vezes não é possível....

Quando estávamos voltando para o ônibus vimos uma loja que estava vendendo jaquetas lindas de couro sintético por apenas 10 euros. Não pensamos duas vezes. Minha irmã e eu entramos na loja, experimentamos as jaquetas e levamos duas!!!!

Chegando no ônibus tivemos que esperar uma família que estava atrasada. 

Esperamos quase 30 minutos e nada da família. E o problema é que eles não sabiam onde ficava o hotel. A sorte é que a Gema conseguiu ligar para o celular deles e eles disseram que se distaciaram do ponto onde estávamos e acabaram se perdendo. A Gema passou o endereço do hotel. Eles iriam pegar um táxi.

Com essa experiência aprendemos que em um tour é importante pegarmos o número do celular do guia turístico e também passar o nosso número para ele. 

E assim fomos para o hotel que ficava um pouco longe do centro da cidade.

O hotel era bom, mas ficava em uma região afastada. Depois que deixamos as malas no quarto fomos ver o que havia ao redor, mas não encontramos nada. Voltamos e pedimos um café no bar do hotel onde fomos muito bem recebidos.

Nem desfizemos as malas já que iríamos para outra cidade no dia seguinte....

Vejo você amanhã no post: BEDA #19 - Conhecendo Nurembergue e Munique na Alemanha.

Pesquise seu hotel aqui!
   


Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...