30 de junho de 2015

Palácio de Westminster - o Parlamento inglês

Um dos símbolos mais marcantes de Londres é o famoso e grandioso Palácio de Westminster também conhecido como Parlamento ou ainda como Casas do Parlamento.

O Palácio fica às margens do rio Tamisa e é um dos maiores Parlamentos do mundo.

Logo que chegamos na cidade podemos avistar esse maravilhoso prédio. Confesso que é bem emocionante já que ao ver o Parlamento a gente tem a certeza que está em Londres.


Das duas vezes que visitei Londres cheguei de ônibus vindo de outra cidade inglesa, Dover. Entrei na cidade passando pelo centro, exatamente onde está localizado o Parlamento e a London Eye, a famosa roda gigante.

O Palácio de Westminster foi classificado pela UNESCO como Patrimônio Mundial e é sem dúvida uma das maiores atrações da Inglaterra.




Que tal fazer uma visita online na Torre do Relógio ? Exatamente onde fica o sino mais importante do mundo, o Big Ben. O tour é bem interessante.

Ah, e para saber mais informações do Palácio de Westminster é só checar o site do Parlamento.





Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:

        



   

19 de junho de 2015

Seguro Viagem - Importante e necessário para todo viajante

Em 2001 quando fiz minha primeira viagem para o exterior fui informada na agência que contratei para meu intercâmbio ao Canadá o quanto era importante fazer um seguro viagem. Iria ficar três meses no país e se nesse tempo eu precisasse ir ao hospital, sem o seguro eu iria pagar uma fortuna só para passar na triagem antes da consulta com o médico. Era melhor não arriscar, e é claro, fiz o seguro antes da viagem.

Felizmente nos meses que estive no Canadá não precisei ir ao médico, mas foi por sorte, pois quando cheguei lá, na primeira semana escorreguei na calçada indo para a escola de inglês. Era começo de março e o gelo estava derretendo.

Minha colega mexicana que estudava comigo não teve a mesma sorte. 

Era também a primeira viagem dela para o exterior e diferente de mim, ela não foi orientada a respeito do seguro viagem. 

Estávamos na escola quando ela começou a passar mal e não sabia o que estava acontecendo. Sem saber que remédio tomar, pois ela não sabia o que tinha, resolveu ir ao hospital. 

Chegando lá, ela levou um susto, pois o preço da triagem com a enfermeira e a consulta com o médico seria de 2.000 dólares canadenses!!!

Sem alternativa ela teve que pagar essa quantia.....tudo porque não tinha feito o seguro viagem.

O Canadá não obriga nenhum de seus turistas fazerem o seguro viagem, mas para quem vai para a Europa, por exemplo, o oficial da imigração pode exigir um seguro viagem feito no seu país.

Portanto viajante, não deixe de fazer o seu seguro. É importante e necessário!!!! Você não vai gastar muito por ele, e chegando ao seu destino estará protegido (a). 

Faça o seguro contando do dia de sua viagem ao dia do retorno ao seu país de origem. Mesmo dentro do avião é importante que você esteja segurado (a).

Confira também o post Chegada na Imigração.

 
Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:

        

17 de junho de 2015

Trocadéro - A melhor vista para a Torre Eiffel

Da primeira vez que fui a Paris deixei de ir em um dos lugares mais bonitos da cidade e que mais tarde se tornaria o meu lugar preferido em Paris, o Trocadéro.

Quando voltei para casa no final do meu primeiro tour pela Europa descobri através de uma foto de uma amiga que ela tinha ido a um lugar maravilhoso que permitia ter uma vista fabulosa da Torre Eiffel. A princípio fiquei decepcionada por ter ido a Paris e não ter conhecido esse lugar incrível. Mas logo a sensação de tristeza passou, e deu lugar a uma sensação de: "vou voltar a Paris em breve, e o Trocadéro será o primeiro lugar que vou visitar". 

E assim aconteceu. Em minha segunda vez a Paris planejei a minha ida ao Trocadéro.

Era um lindo dia de primavera, acordei bem cedinho para tomar o café da manhã no hotel e depois saí para visitar mais uma vez os belíssimos pontos turísticos de Paris. E como prometido a mim mesma, o primeiro lugar a visitar seria o Trocadéro.

Estava com a minha irmã e começar esse dia friozinho, mas ensolarado, foi uma delícia.

Pegamos o metrô pertinho do hotel e logo chegamos ao nosso destino. Descemos na estação Trocadéro e assim que saímos na rua viramos a esquerda e acompanhamos a pequena multidão que estava indo para o mesmo lugar que nós. 

Em segundos estaríamos vendo a Torre Eiffel de uma maneira muito especial....

Sinceramente o que eu senti foi uma emoção muito grande. Parecia que era a primeira vez que estava vendo a Torre, e de uma certa forma era mesmo a primeira vez, pelo menos dessa forma mágica.



Realmente foi a vista mais linda que já vi da Torre Eiffel. Tirei várias fotos e o tempo colaborou muito. Um céu super azul.....





Definitivamente é um lugar que traz uma paz e uma sensação quase que inexplicável. Confirmei tudo que achava desse lugar tão especial em Paris. E todas as vezes que volto à cidade luz sempre retorno ao Trocadéro, um dos meus lugares preferidos da capital francesa.

Veja também mais dicas de Paris no eBook Roteiro 3 dias em Paris que escrevi baseado em toda a experiência que tenho das 4 vezes que visitei a cidade.



Confira: A página Hotéis do blog com sugestão de hotel em Paris.


Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:

        


   

10 de junho de 2015

Como encontrar um bom hotel

Você já ficou perdido quando pensou na escolha de um hotel para a sua viagem?

Isso aconteceu comigo em minhas primeiras viagens, e não somente ao exterior, mas também quando comecei a viajar pelo Brasil ou até mesmo por algumas cidades próximas.

Com a experiência fui observando qual tipo de hotel eu gostava mais, e isso começou a facilitar as minhas escolhas.

É muito importante que você dedique um tempo para fazer uma pesquisa de hotéis pela internet. Faça uma análise perguntando a si mesmo o que um hotel bom, para você, precisa ter. Você prefere um hotel com quartos modernos ou uma decoração antiga, por exemplo. Dessa forma você vai fazendo uma triagem.

Quando fui viajar para Portugal com minha família, fiz uma super pesquisa no site de hotéis Booking.com. Achei vários hotéis que pareciam interessantes em Lisboa. Fui fazendo minha triagem de acordo com o que fui pesquisando.

Encontrei hotéis que pareciam ser muito confortáveis!!!! Através do Booking.com a pesquisa traz muitas fotos dos hotéis. Além de informações importantes como por exemplo, se há frigobar no quarto, o horário de check in e check out, e até mesmo se há serviço de translado ou se está próximo de alguma estação de metrô.

No nosso caso o hotel deveria ser confortável, com móveis novos, próximo ao metrô e em um bairro de fácil acesso ao centro da cidade. Encontrei alguns hotéis com essas características e fiquei na dúvida de qual escolher. Então, decidi ler as avaliações (no próprio site do Booking.com) de alguns hóspedes que estiveram no hotel pesquisado e que também fizeram a reserva pelo Booking.com. Dessa forma escolhi o hotel que havia mais avaliações positivas. E finalmente fiz minhas reservas. Depois que escolhi o hotel foi super fácil concluir o processo. O pagamento foi através do meu cartão de crédito. Imediatamente depois de concluir minha reserva, o Booking.com enviou um e-mail com a confirmação. 

No dia da nossa  viagem estávamos ansiosos para conhecer além da linda cidade de Lisboa, o hotel que havíamos escolhido com tanta dedicação. 

E para a nossa alegria o hotel era exatamente como havíamos visto nas fotos da internet. Ebaaaa!!!!!!

Apresentamos na recepção a confirmação de reserva que o Boooking.com havia nos enviado e pronto, check in feito!!!!!



O planejamento de uma viagem também inclui a pesquisa do seu hotel. Reserve um tempo para isso. Tenha tranquilidade e escolha o melhor hotel para você.

Viajar é uma delícia, mas a gente sabe que indo a passeio ou a trabalho, o dia em um lugar diferente pode ser cansativo, e dormir bem em um hotel que a gente se sinta à vontade é extremamente importante.


   

Veja também a página Hotéis do blog.


Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:
        


1 de junho de 2015

As Casas Cubo de Rotterdam

Um diferencial da cidade de Rotterdam na Holanda é a belíssima arquitetura das Casas Cubo.


O projeto das Casas Cubo é do arquiteto Piet Blom. O lançamento das casas foi em 1984 e antes mesmo de sua construção todas as casas já tinham sido vendidas.

Quem visitar a linda cidade de Rotterdam poderá conhecer de perto as Casas Cubo.


Entre as casas há uma que é um museu e está aberta ao público diariamente das 11h às 17h. Verifique outras informações no site das Casas Cubo.



Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:
        



   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...