25 de abril de 2012

A pequena Oslo com suas grandiosas belezas naturais

Cercada de floresta, lagos e ilhas, a capital da Noruega, Oslo situa-se à beira de uma imensa baía dentro do fiorde de Oslo. A cidade foi fundada pelos vikings em 1048 e é a mais antiga das capitais escandinavas.

É em Oslo que se entrega o Prêmio Nobel da Paz.

A cidade é a segunda mais cara do mundo só perde para Tóquio.

Oslo é uma das menores capitais da Europa com aproximadamente 550 mil habitantes.

Quem chega do aeroporto internacional de Oslo poderá ir até o centro da cidade de taxi e levará por volta de 40 minutos. Poderá também ir de ônibus através da empresa SAS Flybusen. A viagem dura 45 minutos. Há também serviços de trens: Airport Express operam a cada 10 minutos entre 5h36 e 00h36 e o trajeto até a estação central dura 23 minutos. Ou ainda existe os trens Intercity que partem de hora em hora. A viagem é de 30 minutos.

Assim como Copenhague, é muito fácil transitar a pé ou de bicicleta pela cidade de Oslo.

O transporte público em Oslo é muito eficiente. É possível utilizar balsas, ônibus, bondes elétricos, além das linhas de metrô que cruzam a cidade. O bilhete simples que é válido por uma hora custa em média 3 euros e o bilhete de 24 horas custa 8 euros. Os táxis são caros e é necessário marcar a corrida pelo telefone ou no hotel.



Onde comer: Existem várias opções no shopping Aker Brygge. Localizado na Oslo Sentrum.


Na Noruega a moeda é Coroa Norueguesa (NOK).



Pontos turísticos em Oslo:

Akershus Slott e Hjemmefront-museet: Castelo protegido por sólidas muralhas de pedra. Durante a Segunda Guerra Mundial, alemães torturaram membros da resistência. A paisagem perto do castelo é maravilhosa!!





Nasjonalgalleriet: O Museu Nacional de Oslo tem o mais rico acervo de obras de arte da Noruega com obras de Monet e Picasso.





Radhus: Prédio da prefeitura de Oslo inaugurado em 1950. É famoso por ser o local onde é entregue o prêmio Nobel da Paz.



Aker Brygge: É um moderno complexo de vidro e aço com bons restaurantes, cinemas, teatros, bares e lojas.



Kongelige Slottet: É o Palácio dos reis noruegueses. Não é aberto a visitação, mas em seus jardins pode-se assistir diariamente à cerimônia da troca da guarda real.



Park Vigeland: Criado na segunda metade do século XIX, o parque exibe dezenas de bronzes do autor Gustav Vigeland, muitos deles sobre uma ponte que dá acesso a um obelisco onde há mais de 120 outros trabalhos do artista.



Pesquise seu hotel aqui!
      Booking.com

Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:
        


Um comentário:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...