22 de fevereiro de 2017

Roteiro de 6 dias para Portugal - Dia 5

Esse era o dia de irmos à cidade de Porto e por isso tivemos que acordar mais cedo que o de costume. Fomos as primeiras a entrar para tomarmos o café da manhã. Um dos funcionários do hotel até estranhou e perguntou se havíamos acordado com "as galinhas". 

Saímos do hotel e fomos para a estação de metrô. Descemos na estação Oriente, onde no dia anterior havíamos comprado as passagens para Porto.

Nossa partida estava marcada para às 9h e bem pertinho desse horário minha mãe, minha irmã e eu fomos para a plataforma para não perdermos o trem. E exatamente no horário marcado o trem chegou.

No trem não havia muita gente e durante todo o trajeto, que foi de 3 horas até chegar em Porto, ele foi parando em várias cidades que estavam no meio do caminho.

Passamos por estações de trem em Fátima e Coimbra. Fomos vendo a paisagem dos vários lugares que íamos passando....

Por volta do meio dia chegamos na estação de Campanhã.

Como iríamos ficar na cidade até o final do dia não poderíamos perder tempo. Na estação compramos um bilhete chamado Andante. Com ele pegamos o metrô e fomos direto para a estação Jardim do Morro. Queríamos conhecer um lugar super bonito da cidade: a Ponte Luis I.



Uma observação: Quando descemos na estação de trem de Campanhã ficamos um pouco perdidas para comprarmos os bilhetes e também tivemos que caminhar do lado de fora da estação para irmos até o metrô. A estação de trem e a estação de metrô não ficam longe uma da outra, mas acredito que em uma próxima vez irei tentar chegar a Porto, se for de trem de outra cidade, pela estação São Bento. É mais bem localizada, além de ser um prédio bonito com uma decoração linda.








Como você viu nessas fotos, a paisagem é fantástica e com certeza foi maravilhoso ter começado o nosso passeio pela cidade vendo o belo rio Douro do alto.

Ficamos um tempo por lá e depois caminhamos pela Ponte Luis I até o outro lado da ponte onde chegamos na Avenida Vilmara Peres. Subimos a Calçada de Vandoma e chegamos no Terreiro da Sé. Toda essa área faz parte do centro histórico da cidade.

Passamos em frente a Igreja Sé do Porto que tem uma arquitetura lindíssima!!! É também um dos principais e mais antigos monumentos de Portugal.






Em frente à catedral descemos a Calçada Dom Pedro Pitões. Saímos no Largo do Dr. Pedro Vitorino. Como estávamos no alto podemos tirar várias fotos lindas da cidade.




Começamos a descer a rua até chegarmos na Rua de São João. Seguindo ela até o final onde chegaríamos em nosso destino - a Ribeira



E finalmente chegamos às margens do rio Douro na Praça da Ribeira. Um dos lugares mais bonitos que já visitei.

No belo calçadão podemos encontrar vários artistas, muitos turistas e deliciosos restaurantes. E falando nisso decidimos que já era hora de almoçarmos, então escolhemos um restaurante aleatoriamente e entramos. Sentamos nas mesas de fora do restaurante, já que a temperatura estava super agradável e queríamos apreciar toda a beleza do rio Douro.

Almoçamos um delicioso bacalhau. E enquanto comíamos ficávamos cada vez mais encantadas com a paisagem. O que estávamos vendo parecia um quadro.




Não falei anteriormente, mas nessa minha ida a Porto eu iria encontrar uma amiga e sua família que estavam de férias em Portugal. Ela é portuguesa, mas mora no Canadá.

Combinamos de nos encontrarmos na praça onde está a Câmara Municipal do Porto que está localizada na Avenida dos Aliados. Um lugar de fácil acesso para chegar. Na praça tem uma estação de metrô, mas como estávamos na Ribeira achamos que era melhor pegarmos um ônibus que nos deixaria bem em frente ao nosso ponto de encontro na praça.

Para pegarmos um ônibus que nos levaria até a Avenida dos Aliados seguimos pelo Cais da Ribeira chegando em um ponto de ônibus na Rua da Ribeira Negra. Pagamos o ônibus com nosso bilhete que havíamos comprado logo que chegamos em Porto na estação de trem. Em mais ou menos 15 minutos chegamos na praça.






O encontro com a minha amiga e sua família foi ótimo!!! Conversamos sentados em uma mesa do tradicional Café Guarany onde tomei o melhor café com leite da viagem!!!!!

E depois de um bom tempo conversando era hora de voltarmos para Lisboa. 

Pegamos o metrô na estação Aliados em frente à praça e fomos direto para a estação de metrô Campanhã que está ao lado da estação de trem.

Apesar do pouco tempo na cidade acabamos conhecendo vários lugares de Porto e estávamos um pouco cansadas. A viagem de volta foi bem tranquila e quando chegamos em Lisboa já era noite. Fomos direto para o hotel. No dia seguinte seria um dia de um pouco de descanso combinado com um passeio bem leve para o nosso último dia em Portugal.


Reserve seu hotel aqui!

    Booking.com


Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:
         

17 de fevereiro de 2017

Exposição Silvio Santos no Museu da Imagem e do Som

Finalmente fui visitar a exposição Silvio Santos vem aí no MIS, Museu da Imagem e do Som.

Marquei com a minha irmã de irmos na última terça-feira. Pegamos um ônibus na Rua Augusta, pertinho da Avenida Paulista e em 10 minutos já estávamos no MIS. Descemos em um ponto de ônibus em frente ao museu. Super fácil de ir!!!!

Era um pouco mais de 11 horas da manhã quando chegamos na bilheteria do museu. Havia poucas pessoas do lado de fora e acabamos sendo as primeiras pessoas na pequena fila para entrar.

Às terças-feiras a entrada à exposição é gratuita.

Antes de entrarmos o funcionário nos informou que era possível filmar e fotografar. Que maravilha!!! Dessa forma eu estava livre para documentar tudo!!!



A exposição começa contando sobre os pais do Silvio e o seu nascimento. 




Íamos passando por vários corredores onde a vida do Silvio era contada com muitos detalhes. Cada lugar que passávamos era uma surpresa.











Toda a exposição é muito interativa e divertida, mas as salas onde são mostradas todas as brincadeiras que o Silvio fazia e faz em seus programas foram as mais interessantes em minha opinião.









Agora um sala que fiquei super feliz em ir foi uma pequena área onde mostrava uma parte da Vila do Chaves. 






Ficamos muito alegres em ter ido a essa imperdível exposição que vai até o dia 12 de março de 2017. Se você estiver em São Paulo até essa data não deixe de ir também.



Para você verificar mais informações da exposição Silvio Santos, assim como dias e horários de visita, por favor entre no site do MIS.

Confira também o vídeo que fiz no dia da minha visita ao museu :



Siga o Histórias para Viajar nas redes sociais:

         
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...